Angiologia / Vascular

A musculação e o aparecimento de varizes

A prática incorreta de exercícios físicos, de qualquer natureza e o esforço excessivo nas pernas podem favorecer o surgimento de varizes

Exclusivo Portal

A primeira coisa a se fazer quando o assunto são as varizes é entender o que realmente elas são e como são provocadas. Dr. Dante Calmon Góes Junior,  especialista em cirurgia cardiovascular, cirurgia vascular e cirurgia geral, define as varizes como veias que vão se tornando doentes com o tempo. “Por algum fator as veias vão ficando alongadas e dilatadas e começam a trabalhar de maneira alterada, dificultando a circulação. Assim, elas incham e se tornam visíveis na parte externa do corpo, principalmente nas pernas”, revela o médico. Os fatores mencionados por Dr. Dante são hereditariedade, gravidez, obesidade, fumo, alterações hormonais e a vida sedentária.

Musculação

O principal problema da musculação é a falta de orientação profissional durante a sua prática. “Se o aluno for bem orientado, qualquer exercício físico faz bem para a circulação. O problema está no excesso”, explica Dr. Dante. “No caso específico da musculação, é o esforço excessivo no levantamento de peso o fator agravante, ainda mais se a pessoa não estiver bem condicionada, ou mesmo, bem aquecida. O aluno costuma exagerar nas barras e levantar mais do que aguenta. Esse movimento é capaz de forçar as veias das extremidades inferiores do corpo causando lesões. São essas lesões que podem vir a causar alterações circulatórias e provocar varizes”, diz o cirurgião.

Atividade física e circulação

Os troncos venosos se localizam pertinho dos músculos. Quando há contração muscular, as válvulas circulatórias são ativadas e fazem com que o sangue circule. A força gravitacional, como sabemos, também atua nesse sistema e para que o sangue vença a gravidade e prossiga seu caminho os músculos precisam trabalhar, assim como a respiração, por conta da força abdominal. Partindo desse princípio, músculos enrijecidos são fator determinante no funcionamento do sistema circulatório.

As mulheres são as que mais sofrem com o aparecimento das varizes, mas os homens também são vítimas. As principais queixas, além da questão estética, são dor, inchaço e cansaço nas pernas. Portanto, o indivíduo interessado em fazer musculação deve fazer uma investigação médica completa antes de procurar uma academia. Mais do que propensão ao aparecimento de varizes, há outros exames importantes a serem feitos para a pessoa saber se pode ou não praticar tal atividade. “Se houver histórico familiar, o cuidado deve ser redobrado”, alerta Dr. Dante, lembrando que quem já tem varizes de pequeno calibre e pretende praticar musculação deve utilizar menos peso. “Mais do que isso, a pessoa deve ter conhecimento sobre seu corpo e saber se é ou não portadora de alguma insuficiência circulatória”, conclui o médico.


Tipos de tratamentos mais utilizados para varizes e varicoses

 

Escleroterapia Indicada para as varicoses. São aplicadas injeções nos vasinhos doentes para impedir a circulação. Com o resfriamento, o procedimento é quase indolor.
Escleroterapia eco-guiada com microespuma Para varizes pequenas, médias e grandes, a aplicação de microespuma é guiada pelo equipamento de ultrassom.
Laser Para varizes mais grossas. É introduzida uma minifibra óptica que dispara o laser causando um encolhimento e fechamento do vaso.
Radiofrequência Utiliza o calor produzido por cateteres dotados de dispositivo de radiofrequência.
Microcirurgia Para safenas e varizes de grosso calibre, que são retiradas através de mini-incisões, não provocando danos à circulação.

 

 

+ Saiba mais

Artigos Relacionados

'