Nutrição

Proteína isolada, hidrolisada ou concentrada?

Saiba as principais diferenças de cada tipo de whey protein

Exclusivo Portal

A suplementação alimentar vem ganhando cada vez mais espaço no mercado, tornando-se os principais produtos para quem procura um complemento para a dieta e quer resultados mais eficientes na hora dos treinos.

Whey protein é uma proteína extraída do soro do leite que atua promovendo a hipertrofia muscular por meio de aminoácidos responsáveis pela construção e reparação das fibras musculares. Esse suplemento alimentar pode ser encontrado de três formas diferentes, sendo que a principal diferença entre elas é o modo de fabricação, o que altera a concentração de proteínas.

Whey protein concentrado

Nessa forma, esse suplemento pode conter de 35 a 80% de proteínas, sendo recomendado para os atletas iniciantes, já que o custo é mais baixo, e a concentração de proteínas já fornece os benefícios procurados.

Além das proteínas, essa forma de suplemento apresenta outros nutrientes, como:

  • Carboidratos: por ser derivada do soro do leite, a forma concentrada ainda possui a lactose como forma de carboidrato. Por essa razão, o consumo exagerado pode ocasionar acúmulo de gordura: a concentração é de 4,5 g por porção de 30 g.
  • Sódio: uma porção de 30 g de whey protein concentrado possui 53 mg de sódio.

Whey protein isolado

Nessa forma, o soro do leite passa por uma filtragem mais elaborada, sofrendo troca iônica de nutrientes. Esse processo garante uma concentração de até 95% de proteínas, o que reduz a quantidade de gorduras presentes no suplemento.

Essa opção é mais recomendada para quem procura uma alta concentração de proteínas para treinos mais pesados, sendo também uma opção que contribui para quem está realizando dieta de redução calórica. Por passar por um processo de filtragem mais rígido, apresenta um custo final maior.

Enquanto a forma concentrada apresenta 24 g de proteína por porção, a isolada chega a 27 g. Já os outros nutrientes apresentam outras concentrações:

  • Carboidratos: essa forma apresenta 1 g de lactose em 30 g de produto, reduzindo bastante em relação à forma concentrada e permitindo uma ingestão calórica bem menor, o que contribui para a dieta.
  • Sódio: a concentração de sódio chega a 68 mg na forma isolada do whey protein.

Whey protein hidrolisado

A última forma encontrada é a que, além do processo de filtragem, passa também pelo processo de hidrólise (quebra da cadeia de proteínas) – o que facilita a absorção dos nutrientes pelo organismo.

Esse processo pode ser realizado tanto na proteína isolada como na concentrada e encontra-se em todas as concentrações. A forma hidrolisada da whey protein isolada é recomendada para quem sofre de intolerância à lactose.

Essa opção é ótima para quem quer uma rápida absorção dos nutrientes e resultados mais rápidos ou ainda para quem não consegue digerir muito bem as proteínas do leite, pois aqui as proteínas já são pré-digeridas.

Whey protein é um dos principais suplementos para atletas profissionais e amadores, sendo que o tipo escolhido varia muito conforme a pessoa e o objetivo. O importante é pedir aconselhamento a um nutricionista para escolher a quantidade mais adequada para cada caso.

 

+ Saiba mais
'